OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

sexta-feira, abril 01, 2011

A Importância das Mulheres no Cristianismo Diego Custódio



                       Diego Custódio



Hoje iremos falar de um assunto muito interessante: a importância das mulheres no Cristianismo. Tenho certeza que esse assunto pode dar o que falar, mas estamos aí para ouvir todos os tipos de comentários e sugestões.

De início quero logo falar sobre o feminismo, que se tornou um importante componente da cultura ocidental moderna. É muito interessante para nós homens discutirmos sobre a visão feminista.

O feminismo é um movimento global que visa a "alforria" das mulheres, fazendo com que elas alcancem igualdade na sociedade moderna em todas as áreas de sua vida.

Por lutarem por emancipação, as mulheres encontraram muitas resistências e conflitos, e um desses grandes desafios de conflitos foi com o próprio cristianismo, por causa da percepção que as religiões do mundo a fora tem das mulheres, como se elas fossem de segunda categoria.

A revolta fez com que muitas mulheres de séculos passados chegassem a questionar o porquê que um Deus tem que ser representado como um homem Salvador. Isso fez com que mulheres, como Carol Christ e Naomi Ruth Goldenberg, dissessem que as mulheres deveriam voltar a cultuar as deusas como era feita no passado ou criar novas religiões com suas respectivas deusas (isso sim é uma loucura).

Se formos estudar bem a fundo, a palavra de Deus irá nos mostrar uma realidade totalmente diferente do mundo atual: a importância das mulheres.

Jesus tratou as mulheres como seres humanos e não como objetos ou rejeição tanto é, que Cristo ajudou mulheres banidas pela sociedade judaica por causa do seu lado contemporâneo e por causa de seu estilo de vida imoral, como as prostitutas. O Talmude recomendava que os homens não conversassem muito com as mulheres, pois isso levaria à falta de castidade, mas Jesus ignorou isso e fez questão de conversar com as mulheres, como Ele fez com a mulher samaritana (Jo 4).





Parece até que eu estou puxando sardinha para lado da mulherada, mas não é isso. Tem gente que deve estar se perguntando: “o Diego brigou com a namorada... ou fez algum mal à mãe dele... ou recusou uma ajuda de uma vovozinha que estava querendo atravessar a rua... por isso ele está enchendo a bola das mulheres”. Gente, não é isso. Devemos admitir o quanto às mulheres são importantes.

As mulheres eram integrantes do grupo que se envolviam ao redor de Jesus (isso deixava os fariseus quicando). Elas também foram as primeiras a verem o Cristo ressurreto e foram as primeiras a testemunharem o acontecimento.

No evangelho de Marcos os discípulos são chamados de homens de pequena fé (Mc 4.40), ao passo que as mulheres são elogiadas por causa de sua fé, como a mulher do fluxo de sangue (Mc 5.25-34); por seguir a Jesus, como a mulher siro-fenícia (Mc 7.24-30); e como um exemplo a ser seguido, como a viúva pobre (Mc 12.41-44). Eu acho que depois dessa eu apanho, mas vou ganhar crédito com a minha namorada (hahahahahahahaha)... Eu acho.



Os ensinamentos de Jesus atraíam as mulheres, principalmente, por causa da igualdade que concedida na comunidade cristã. É bem certo que, infelizmente, a igreja oprimiu as mulheres na sua história, mas com o passar do tempo isso foi vencido, para honra e glória daquele que criou o homem e a mulher como imagem e semelhança de Deus.


Que Deus abençoe essas mulheres, mães, ministras do Evangelho, que pagam o preço da exclusão e do preconceito, mas que sem elas nenhum homem vive (eu muito menos). 


Obs. Um ex-aluno  escreveu este artigo...O Diego Custódio.. Interessante, sentir que os homens tem medo ou constrangimento de exaltar uma mulher!! -
Jesus NUNCA teve! E quem conhece Jesus e a sua Palavra JAMAIS terá este constrangimento!
Parabenizo o meu Ex-aluno, que escreveu este art. embora se desculpando!


FOI DEUS QUEM NOS FEZ : IMAGEM E SEMELHANÇA DELE!



Nenhum comentário:

Postar um comentário