OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

quarta-feira, maio 04, 2011

OS CRISTÃOS PERSEGUIDOS AO REDOR DO MUNDO

Saiba como Portas Abertas serve
os cristãos perseguidos ao redor do mundo
 
Portas Abertas é um ministério com características próprias dirigido à Igreja Perseguida, o único com mais de trezentas organizações associadas no mundo todo desenvolvendo projetos significativos nas linhas de frente em cerca de 50 nações.
Desde 1955, Portas Abertas realiza programas completos e de grande influência em muitos dos países onde os cristãos sofrem por sua fé em Jesus Cristo.
Aqui estão alguns exemplos do que sua parceria conosco irá realizar nos próximos meses...
 
  No Mundo Muçulmano, suas ofertas estão possibilitando Portas Abertas a:
  • Distribuir pessoalmente cerca de 280.000 Bíblias e materiais cristãos.
  • Treinar individualmente cerca de 38.000 pastores e líderes cristãos.
  • Ajudar jovens cristãos a freqüentar escola bíblica.
  • Ensinar os cristãos a ler e a estudar a Bíblia.
  • Dar coleções de livros de estudo para pastores.
Na África, você ajuda Portas Abertas a:
  • Distribuir pessoalmente perto de 100.000 Bíblias e materiais cristãos.
  • Treinar individualmente cerca de 3.600 pastores e líderes cristãos.
  • Levar a Palavra de Deus a países em guerra.
  • Encorajar professores de Escolas Dominicais a inspirar uma nova geração.
  • Mostrar aos cristãos como testemunhar a seus vizinhos muçulmanos.
Na América Latina, com a sua ajuda, Portas Abertas pode:
  • Distribuir pessoalmente perto de 320.000 Bíblias e materiais cristãos.
  • Treinar individualmente perto de 6.500 pastores e líderes cristãos.
  • Dar apoio material e amor a viúvas e órfãos.
  • Visitar os cristãos presos injustamente.
  • Encorajar os líderes de igrejas que estão sendo atacados.
O seu apoio à Ásia através de Portas Abertas inclui:
  • Distribuir pessoalmente perto de 2,3 milhões de Bíblias e materiais cristãos.
  • Treinar individualmente perto de 20.000 pastores e líderes cristãos.
  • Dar estudos bíblicos a pastores e Bíblias ilustradas para crianças.
  • Treinar líderes das igrejas domésticas que estão sob intensa perseguição.
  • Entregar hinários para colocar uma canção nos corações dos cristãos.
 
Portas Abertas não é uma missão típica
Apoiamos comunidades cristãs perseguidas
Não evangelizamos, mas equipamos os cristãos para que resistam e assim tenham condições para evangelizar.
Não enviamos missionários
Mas, nos preocupamos com missionários e sobretudo com as igrejas locais em lugares onde há perseguição, pois estas não têm condições de deixar o país quando a pressão aumenta.
Nossa filosofia é jamais atuar por conta própriaNossos projetos nem começam se não há contatos consistentes com a igreja local. Atuamos em parcerias com outras missões e agências em muitos casos.
Critérios de atuação
Não atuamos em todos os 90 países em que há perseguição. Nós operamos diretamente em cerca de 50.
Nossos critérios são:
• Igreja local pode extinguir-se caso não haja ajuda externa.
• Não há outra agência missionária operando no país.
• Não há outra forma de obter Bíblias se não for pelo contrabando.
• Possibilidade logística.
• Posição estratégica do país.
• Solicitação dos irmãos do local.
Ao chegar em um país, Portas Abertas procura os pastores e diz: "Aqui estamos. O que podemos fazer para ajudá-los?"
Não chega com uma receita do que os pastores devem fazer, mas ouve deles o que querem que a Missão faça.
Em 95% dos casos, os pastores dizem: "Por favor, orem". Muitas vezes começam a chorar e dizer: "Estamos lutando e perdendo a batalha, porque achamos que ninguém está orando a nosso favor".
O segundo pedido sempre é por Bíblias, materiais de estudo e treinamento. Coisas que precisam em seu ambiente particular para poderem enfrentar o desafio e resistir às ameaças e à pressão.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário