OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

sexta-feira, novembro 25, 2011

FELIZ É QUEM SE CONHECE BEM!




Bem aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus, Mt 5.3

Introdução 


As bem-aventuranças são popularmente conhecidas como o “decálogo do novo testamento”. São expressões de alegria do Mestre, confrontando os valores existentes na sociedade estabelecida pelo homem, com os princípios que devem imperar na vida dos cidadãos do reino de Deus. Cada bem-aventurança oferece a nós um conselho prático de vida que será vital no desenvolvimento do nosso caráter cristão.

Pobre de espírito? 

O que será que significa a expressão “pobre de espírito” usada por Jesus? Muitas pessoas confundem este termo com a humildade, mas, o Mestre tinha uma visão muito particular sobre este tema. A expressão “espírito” significa “homem interior” nas diversas vezes que é usada no NT (cf. Tg 4.8; 1 Pe 3.4; Gl 6.1). Quando Jesus expressa a pobreza de espírito, significa uma condição em que o homem procura viver e ser exatamente o que é, nem mais, nem menos. Esta bem-aventurança é, portanto, um convite à transparência espiritual e pessoal.

O perigo da soberba e da falsa humildade

O homem pode incorrer em dois erros com seu espírito. O primeiro e o mais perigoso é a altivez, isto é, a pessoa entregar-se a uma condição de se sentir superior as outras (1 Tm 6.17). O ser humano, de fato, pode superar uma ou outra pessoa em alguma área da vida, porém, não em todas. Deste modo, com essa consciência não nos aprisionaremos no pecado da altivez.

Há também outra doença espiritual muito cultuada, principalmente nos meios cristãos. É a falsa humildade. A pessoa sabe que tem recebido de Deus um ministério específico ou uma missão em Cristo e, quando questionada sobre ela, ao invés de reconhecer a dádiva divina com temor e render glórias a Jesus, assume uma postura de “ah, quem, eu, que é isso, eu não” e coisas do tipo. Esse sentimento, além de não glorificar ao Senhor, não é espiritual, pois pode conduzir a pessoa a incorrer na hipocrisia. Evite isso!

Seja você mesmo

Em tudo na vida, seja você mesmo! Aprenda a observar seus valores e o seu potencial. Já os descobriu? Agora, renda a Cristo toda a glória possível por ter Ele lhe presenteado com essas dádivas. Ao mesmo tempo, identifique as áreas de sua vida que ainda são falhas e deficitárias. Renda louvor ao Senhor por elas também, reconhecendo que, pela graça, o Pai Celestial te aceita incondicionalmente.

Isso é ser pobre de espírito! É reconhecer quem somos de fato! É não precisar vender uma imagem para os outros, mas deixar que eles próprios descubram quem nós somos em Deus e quem é o Senhor em nós. É entender que as pessoas precisam de nosso apoio para várias coisas, mas nós, igualmente, precisamos delas para tantas outras. Pessoas assim sabem que precisam da misericórdia de Deus e, por isso, a cada uma delas o Senhor tem prometido o Seu reino, para todo sempre!

Enquanto você não decidir ser você mesmo, Deus jamais poderá o tornar a pessoa que Ele quer que você seja! 

Quem é você mesmo? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário