OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

quinta-feira, março 28, 2013

DIACONIA: A SERVIÇO DE DEUS!







Diaconia: A Serviço de Deus Diaconia é sem sombra de dúvida uma palavra que trás consigo um dúbia interpretação, por esta razão, há na igreja contemporânea uma disfunção quanto a sua aplicabilidade correta. Numa visão mais detida Diaconia, deveria ser um estilo de vida calcada na transformação do novo cristão, tomando como linha mestra o próprio Jesus Cristo.

Na visão bíblica diaconia, tem sua atuação através da vocação de todo àquele que se decide por Jesus em sua vida, porque a Igreja de Jesus é chamada e vocacionada por Cristo a ser uma Igreja diaconal.

Para tanto é necessário buscarmos entender o real significado do termo DIAKONIA, na Bíblia especificamente no Novo Testamento. Sua semântica é extremamente rica, no que diz respeito a sua aplicação nos diversos momentos do NT. Diaconia aparece em três formas:

1. Diakoneo: Servir (verbo)

2. Diakonia: serviço (substantivo)

3. Diakono: diácono (substantivo) DIAKONEO verbo Servir Diakoneo significa ser servo, ser assistente, servir, esperar em, ministrar, prestar qualquer tipo de serviço.

(servir) este verbo é utilizado no NT de diferentes maneiras.

A) Na antiga Grécia e Roma, Assinala um serviço público e ou escravo, realizado somente para sobrevivência e manutenção da vida, em Roma havia os restaurantes públicos abertos a toda população e o garçom (Diakono realizava sua ação de Diakonia).

Também retrata os serviços domésticos realizados para preparar refeições aos convidados, e servir às mesas. Em Lc 10: 40 vemos Marta servindo os convidados em sua casa.

B) DIAKONIA serviço (substantivo): refere ao cargo e trabalho de um diakonos. Esta palavra surge no NT 34 vezes. Diakonia, é em suma uma ação integralizadora da igreja onde sua atuação descreve na prática o que o próprio Jesus ensinou em Mc 10:45,

Mas o filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e dar sua vida em resgate de muitos”.

Jesus servo ao homem até sua morte, este exemplo deve ser vivido e praticado pela igreja como agencia permanente de ações pacificadoras, não excludente e sim inclusiva, formadora de caráter e medicadora da salvação em Jesus Cristo. São muitas as dificuldades encontradas pela ação diakonal na atualidade, pois sua atuação é extremante austero e sem corpo aparente, ou seja, não fornece status a que pratica esta ação, vemos em At. 6 na instituição dos primeiro diakonos, nasce do clamor das viúvas helenista em sentir-se desprezadas no cotidiano da igreja, e foram escolhidos sete homens para cuidar desta área que tornou-se a primeira menção de uma organização em assistência social da igreja primitiva, contrariando ao pensamento cristão continuado, este momento não foi a instituição do cargo eclesiástico de diácono que seria instituído pelo apóstolo Paulo anos mais tarde. Jesus cuidava do homem como um todo, ele conhecia a natureza do homem dotado de espírito, alma e corpo.

Corpo: soma massa corpórea constituída de necessidades biológicas fisiológicas entre outras o Senhor conhecia bem esta questões necessárias.

Alma: psique centro das emoções, pensamento, intelecto onde reside o ser inteligente sua articulação como o mundo exterior sua forma básica de adquirir conhecimento concatenando pensamento através do seu cognicismo.

Espírito: partícula de Deus concedida ao homem que lhe da comunicação com seu criador. Melhor entendendo o substantivo diakonia (serviço), no novo testamento inda permanece a ideia de comunhão á mesa como serviço peculiar. Pensamos no partir do pão, entre os irmãos em decorrência do amor ágape, este serviço não envolve apenas recursos financeiros e os bens, mas também, o corpo e ávida, na ação imediata dos irmãos impulsionados pelo amor de Cristo. Visão diaconal do ser humano. A nossa fé depreende que o ser humano foi criado a imagem e semelhança de deus. O criador manifesta seu desejo em garantir dignidade e valor a cada pessoa, não importando para ele sua situação social, cultural ou econômica.

A prática diaconal sempre defendeu a dignidade e os direitos dos menos favorecidos na sociedade. Desta forma a igreja diaconal não só defende a dignidade de toda pessoa, mas aposta também em sua capacidade de participar na formação do seu futuro.

Nesta missão, ajudar significa possibilitar ao outro desenvolver os seus dons para que possa ser um auxiliador do outro. A ação diaconal surge do amor polariza na caminhada da igreja em seu ministério. Pr. Prof.Paulo Roberto dos Santos Fonte: Diaconia um chamado para servir: Gisela beulke(org.) Visão Bíblica da diaconia: Pr. Fred Bornshein. Diaconia, fé em ação: Kjell Nordstokkr(org.) Bíblia de estudo pentecostal

Fonte: http://educacaoteologica.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário