OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

quinta-feira, julho 24, 2014

NÃO DEIXE DE LER:



Essa é a Meriam Yahia Ibrahim é uma mulher sudanese de 27 anos de idade, que foi condenada a morte após sua conversão ao Cristianismo. Está presa desde o dia 17/02/2014 e recebeu a sentença de 100 chicotadas seguida de morte por apostasia. Como ela estava grávida as autoridades resolveram esperar o nascimento do bebê para depois matar a mãe. 

O bebê nasceu esta semana, uma menina saudável e o pai Daniel teve a oportunidade de visitá-los na prisão. Tanto a mãe quanto a bebê Maya estão bem, no entanto, agora a mãe pode enfrentar a sentença de morte. Ela está presa juntamente com a recém-nascida Maya e seu outro filho de dois anos, Martin. Ela está sendo acusada de abandono ao Islã e adultério, uma vez que ela se casou com um cristão e o casamento não é valido na lei Islâmica. 


Por favor, vamos levantar um clamor em favor dessa família, por Meriam, por seu esposo Daniel sua e os pequenos filhos: Martin & Maya. Além de interceder gostaria de convocar os irmãos a assinar um abaixo-assinado pressionando as autoridades do Sudão para libertar essa mãe.


Por favor, acesse o link abaixo e assine hoje mesmo http://e-activist.com/ea-action/action? ea.client.id=88&ea.campaign.id=28539 Ajude orando, assinando e divulgando. Link sobre a notícia no site PortasAbertas:https://www.portasabertas.org.br/noticias/2014/05/3158414/

Não deixem de participar do abaixo assinado e orem pela irmã em Cristo, para que Deus faça o milagre acontecer!

(Curta, Compartilhe, Assine, Ore….)


Crédito à: https://www.facebook.com/pastora.mariavaldap


Foto: Não Deixe de Ler :
 Essa é a Meriam Yahia Ibrahim é uma mulher sudanese de 27 anos de idade, que foi condenada a morte após sua conversão ao Cristianismo. Está presa desde o dia 17/02/2014 e recebeu a sentença de 100 chicotadas seguida de morte por apostasia. Como ela estava grávida as autoridades resolveram esperar o nascimento do bebê para depois matar a mãe. O bebê nasceu esta semana, uma menina saudável e o pai Daniel teve a oportunidade de visitá-los na prisão. Tanto a mãe quanto a bebê Maya estão bem, no entanto, agora a mãe pode enfrentar a sentença de morte. Ela está presa juntamente com a recém nascida Maya e seu outro filho de dois anos, Martin. Ela está sendo acusada de abandono ao Islã e adultério, uma vez que ela se casou com um cristão e o casamento não é valido na lei Islãmica. Por favor, vamos levantar um clamor em favor dessa família, por Meriam, por seu esposo Daniel sua e os pequenos filhos: Martin & Maya. Além de interceder gostaria de convocar os irmãos a assinar um abaixo-assinado pressionando as autoridades do Sudão para libertar essa mãe. Por favor, acesse o link abaixo e assine hoje mesmo: http://e-activist.com/ea-action/action?ea.client.id=88&ea.campaign.id=28539 Ajude orando, assinando e divulgando. Link sobre a notícia no site Portas Abertas: https://www.portasabertas.org.br/noticias/2014/05/3158414/

Não deixem de participar do abaixo assinado e orem pela irmã em Cristo, para que Deus faça o milagre acontecer!

(Curta, Compartilhe, Assine, Ore….)

Nenhum comentário:

Postar um comentário