OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

quarta-feira, março 16, 2011

II. NO VELHO TESTAMENTO – (Gn 1. 26 - 28) - O Pentateuco

Se tivéssemos somente Gênesis 1, seria impossível negar a igualdade das mulheres debaixo de Deus. Homem e mulher foram criados no mesmo ato da criação e dados os mesmos mandamentos, privilégios, e responsabilidades. O resultado do pecado tem sido que os sexos tem achado difícil viver como iguais. Este é um dos temas que Gênesis 2 explora.
No princípio criou Deus todas às coisas, inclusive o homem e a Mulher. - “Homem” (heb. Adam) é, obviamente, uma referência genérica a ambos, Homem e MulherHumanidade. O texto das Escrituras não usa gênero e frequentemente utiliza a forma masculina para referir-se aos dois, homem e mulher, como aqui (Gn 1. 26). Já a palavra “Adão” é o nome usado para o primeiro homem e é um termo genérico que identifica “homem” e “mulher” coletivamente, revelando sua origem (Gn 2. 7,  heb. Adamah, lit. “terra” ou “chão”).
v      Gênesis 1. 27 – “E Criou Deus o homem”. Esta é a terceira vez que o verbo criar é usado em Gênesis 1 (v. 1, 21). Aqui, é usado três vezes. A linguagem usada nos versículos 26 e 28 é prosa; neste, é pura poesia. As doze palavras do original hebraico estão distribuídas em três linhas, e possuem ritmo e cadência poética. O termo que designa o primeiro homem, Adão (heb. Adam), está associado ao termo que designa a terra vermelha (heb. Adama). Aqui, a palavra homem é genérica, designa a humanidade como um todo, incluindo o gênero masculino e o feminino, o que pressupõe os dois sexos [macho e fêmea]. Também vale lembrar que, nos versículos 26 a 28, a mulher não é retratada de maneira inferior ao homem na história da criação.
v     Gênesis 1. 26E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. Este é o ápice da criação, o ponto culminante das quais as passagens anteriores nos levam desde o começo. Do ponto de vista das Escrituras, não há nada mais grandioso do que a criação do homem, único ser que Deus fez à Sua Imagem e Semelhança, para refletir a Sua glória.

v     Gênesis 1. 26 – “Façamos o homem”. A sentença é imperativa e enfatiza a majestade daquele que fala. Além disso, o uso do verbo conjugado na primeira pessoa do plural abre caminho para a posterior compreensão da Trindade (Gn 11. 7; Mt 28. 19). Logo, façamos se refere unicamente a Deus, e não aos anjos que estão junto dele, porque o homem foi feito exclusivamente à imagem e semelhança do seu Criador, e não à imagem de outros seres.

Quanto à expressão à nossa imagemO que é a imagem de Deus no homem? A visão tradicional é que a imagem de Deus no homem é a moral, a ética e a habilidade intelectual que foram dadas a este. Deus colocou a humanidade como símbolo vivo dele próprio na terra, para representar o Seu reino e domínio. Isto se encaixa perfeitamente na ordem que se segue: “E domine [o homem] sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a Terra”.
Já a expressão “conforme a nossa semelhança” chama a atenção por tratar-se de uma figura de linguagem. Se Deus é espírito (João 4. 24), não pode haver imagem e semelhança física.


Cont... 

Fonte:  Mulher no Ministério? Tá Brincando? - Pastora. Maria Valda

Nenhum comentário:

Postar um comentário