OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

sexta-feira, novembro 18, 2011

MULHERES COMO PASTORAS.




CGADB NÃO ACEITA, MAS CONVENÇÕES REGIONAIS JÁ UNGEM MULHERES COMO PASTORAS.




Pastora Maria Valda Pregando na Assembléia de Deus em Belford Roxo

Enquanto muitas igrejas aceitam a ordenação feminina, denominações com a Assembleia de Deus do Belém e Igreja Universal não consagram mulheres como pastora, apenas missionárias ou obreiras. O assunto é polêmico e levanta um debate que já dura por décadas. Mas apesar disso, no Brasil temos muitas bispas pastoras e até mesmo uma apóstola como é o caso de Valnice Milhomens que foi ungida em 2001.


No time das mulheres pregadoras podemos ainda citar o nome da Bispa Sônia Hernandes, da Igreja Renascer em Cristo, a primeira mulher a ser ungida como bispa no Brasil, posto hoje ocupado por centenas de mulheres em diversas denominações.


Pastora Maria Valda Pregando.


Hoje algumas Assembleias de Deus até reconhecem a ordenação de mulheres, como é o caso da Assembleia de Deus Madureira que reconheceu a cantora Cassiane como pastora. Atitude que abriu caminho para que outras mulheres do ministério também recebessem o título.







Pastora, Maria Valda Pregando no Ministério Vitória em Cristo em Piabetá

Mas na Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB) esse assunto não entra em pauta, o presidente pastor José Wellington Bezerra da Costa e toda a diretoria da maior denominação evangélica do país não concorda com o tema e opta em não aceitar mulheres como pastoras em todas as suas igrejas, assunto já tratado na convenção geral de 2001.



Pastora, Maria Valda  Trazendo a Palavra  de Deus para a Ministração da Ceia - CENTENÁRIO

Por outro lado algumas convenções regionais já começam a aprovar o ministério pastoral das mulheres, tanto que a  Convenção das Assembleias de Deus do Distrito Federal aprovou recentemente a consagração de pastoras. O projeto foi aprovado depois de muito debate e 70% dos correligionários (1,5 mil membros) decidiram em aceitar a ordenação feminina e até 2012 50 mulheres deverão ser avaliadas para o cargo.


Pregando na Assembleia de Deus em Imbarié - Pr. Pres. e Vice-Pres. Sentados








Com informações Verdade Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário