OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

segunda-feira, outubro 22, 2012

O RELÓGIO DO SENHOR ESTÁ ANDANDO MAIS RÁPIDO



O Relógio do Senhor está andando mais rápido, momentos decisivos já estão delineando o cenário de cumprimento da Palavra Profética. Estamos mergulhando nos tempos finais. Vamos aos principais últimos acontecimentos.

I – ELEIÇÕES AMERICANAS: FALTANDO MENOS DE 3 SEMANAS, RESULTADO AINDA PARECE INDEFINIDO PARA O PÚBLICO

Amados, no e-mail relativo à 6ª parte da série “2012 - O que acontecerá?”, enviado em 05 de julho, relatamos que a reunião anual dos Bilderberg – grupo composto pela própria Elite Global – realizada de 30 de maio a 03 de junho de 2012, em Virgínia (EUA), teve a participação do candidato republicano à Presidência dos EUA Mitt Romney, apesar dele não constar na relação oficial. Obama não foi convidado. Eis o nosso comentário naquela ocasião em relação à essa reunião:


“Um dos temas da reunião dos Bilderberg de 30 de maio a 03 de junho foi à eleição americana de novembro deste ano. Chegamos a comentar no e-mail passado que, nesta reunião, seria, provavelmente, decidido qual dos dois candidatos (Obama ou Romney) os Illuminati iriam apoiar. Comentamos também que a cúpula dos Illuminati tinha preferência por Romney e o segundo escalão da organização ainda preferia Obama, antes da reunião.
Interessante que esta reunião, para evitar especulações, foi cercada de todos os cuidados: a relação de participantes foi oficial e antecipadamente divulgada; os temas a serem discutidos foram também divulgados, inclusive o tema alusivo à eleição americana consta na pauta oficial da reunião. Mas, para surpresa de muitos, um homem, que não constava da lista oficial da reunião, acabou participando da mesma: o candidato republicano Mitt Romney. Da mesma forma, Obama também participou, clandestinamente, da reunião dos Bilderberg em 2008, durante a campanha que o elegeria em novembro daquele ano. Tudo indica que já foi escolhido o presidente americano a ser eleito em novembro. De qualquer forma, vamos acompanhar o desenrolar dos fatos.”

Do início de junho para cá, temos verificado que Obama tem estado à frente da disputa pela Casa Branca. As pesquisas mostram alguma recuperação de Romney, mas não o suficiente, até o momento, para reverter o quadro.

Ocorre que terminou setembro e iniciou outubro: ocorreram já dois debates, um realizado na noite de 03 de outubro e o outro na noite de 16 de outubro. Mais importante do que os debates em si, foi a reação da mídia mundial, cujas principais redes são controladas por essa mesma elite global. CNN (EUA), Sistema Globo de Comunicação (Brasil), dentre outros meios de comunicação de repercussão mundial ou regional divulgaram que, no primeiro debate, ganhou Romney e, no segundo, Obama.  

É sabido que os Illuminati, ao conduzirem suas decisões, costumam adotar o modelo da dialética de Hegel, filósofo iluminista do século XIX, segundo o qual "uma proposição (tese) não pode se pôr sem se opor a outra (antítese) e daí chega-se à síntese, onde os opostos se encontram fundidos e reconciliados". Ora, cada candidato corresponde a uma proposição oposta à outra. A escolha dos Illuminati revelará a síntese. 


                                             Os dois candidatos pouco antes do início do debate na noite de 03.10.2012


II – ROMNEY AFIRMOU NO 1º DEBATE QUE, SE ELEITO, NÃO IMPLANTARÁ A REFORMA DA SAÚDE QUE OBRIGA TODO AMERICANO A RECEBER UM BIOCHIP SOB A PELE ATÉ 23.03.2013


No primeiro debate, Obama deixou bem claro que, se reeleito, implantará a reforma da saúde, denominada de “Obamacare” até 23.03.2013, data-limite para que todo americano receba um biochip de identificação sob a pele de acordo com o projeto de lei HR 3200.


No e-mail que transmitimos em 1º de maio de 2012, fizemos uma abordagem detalhada do projeto de lei HR 3200, que trata da reforma da saúde dos EUA, inclusive com os trechos originais da lei aprovada, assim como a data-limite para que cada americano receba um biochip sob a pele: 23.03.2013. Se algum dos irmãos não recebeu este importante e-mail, basta solicitar que eu o reenvio.          

Sem dúvida, este biochip pode ser o embrião da marca da besta prevista no Livro do Apocalipse cap. 13.

Ocorre que o candidato republicano Mitt Romney deixou claro no primeiro debate que não concorda com a Lei da Reforma da Saúde, conhecida como “Obamacare”, afirmando taxativamente que, se eleito, não implementará a reforma, do que se depreende que não exigirá, por conseguinte, que os americanos sejam assinalados com um biochip  sob a pele.   



President Barack Obama and Mitt Romney
                        Os dois candidatos estão sendo mais exigidos a poucas semanas da eleição
  

Estamos a menos de um mês da eleição do próximo presidente americano. Romney é o preferido do primeiro escalão dos Illuminati (Jacob Rothschild e outros), de modo que, caso seja eleito, poderá cumprir a promessa de não implantar a lei que exige o biochip para fins de atendimento pelo sistema de saúde americano, pelo menos no início de um eventual mandato presidencial. Por outro lado, Obama tem a simpatia do segundo escalão dos Illuminati e defende a implantação do biochip até 23.03.2013. Vamos acompanhar os acontecimentos.


III – DIFERENÇAS RADICAIS ENTRE ROMNEY E OBAMA EM RELAÇÃO À QUESTÃO DO PETRÓLEO PODEM ESTAR POR TRÁS DA ESCOLHA DO FUTURO PRESIDENTE



Uma das principais e mais importantes diferenças entre os dois candidatos à Presidência dos Estados Unidos se refere à questão das fontes de energia, em especial o petróleo.

A plataforma do candidato democrata Barack Obama se baseia na escassez dos recursos petrolíferos o que exigiria um maior investimento em fontes alternativas de energia. Esta estratégia de Obama lhe valeu a eleição para Presidente dos Estados Unidos em 2008, tendo em vista que, naquela época, o preço do barril do petróleo subia e, na mídia internacional (a exemplo do que era publicado pelo Wall Street Journal), se especulava que os preços do barril poderiam atingir cerca de 150 dólares no segundo semestre de 2008. Por sua vez, os principais bancos americanos, como o Goldman Sachs, previam similar alta para os preços do barril para o final daquele ano de crise. Desta forma, com o mercado mundial especulativo, o preço subiu, sendo que alguns diziam que era por causa da demanda dos países emergentes, outros afirmavam que era por causa de sabotadores na Nigéria (grande produtor), mas o que houve, na verdade, foram notícias especulativas geradas por alguns controladores desse mercado que, com a subida dos preços, ficaram mais ricos em detrimento da crise mundial que se agravava, empobrecendo o restante do mundo. Obama, então, foi eleito naquele ano.


Ocorre que esta simulação orquestrada pela Elite Global para favorecer a eleição de Obama em 2008 serviu também para que se forçasse o investimento em formas renováveis de energia nos EUA (principalmente energias eólica e solar), diversificando os investimentos dessa mesma elite. Vale ressaltar que a Shell, por exemplo, diversificou suas apostas em várias frentes, principalmente no tocante aos biocombustíveis. Outra consequência daquela mesma simulação reside em um projeto de lei que ora tramita no Congresso Americano, enviado por Obama que, com base nos mesmos argumentos de 2008, prevê uma excessiva regulamentação do setor energético nos Estados Unidos.

Por outro lado, em decisão recente, Obama autorizou a perfuração de petróleo offshore (no mar). Pergunta-se: Esta nova conduta no setor energético americano estará sendo adotada para suprir uma eventual escassez de petróleo? É claro que não. Amados, temos comentado, em alguns e-mails, que os donos dos principais bancos do mundo são os mesmos donos das principais companhias de petróleo do planeta. Desta forma, ao autorizar a perfuração offshore, aumentando a oferta do óleo, Obama faz com que as petrolíferas da Elite Global aproveitem a desvalorização da moeda americana - recentemente orquestrada pelo FED (Federal Reserve, Banco Central Americano) - favorecendo a comercialização do óleo no mercado mundial elevando os lucros dos Illuminati a níveis impensáveis. Sem contar que a desvalorização da moeda americana tem sido realizada em razão de o FED estar “inundando” o mundo com bilhões de dólares, sendo que este dinheiro, que deveria ir para o povo enfrentar a crise financeira, está, na verdade, indo para as próprias empresas da Elite Global que, ao adquirem com esse dinheiro as empresas mais rentáveis de cada ramo no mundo, fazem com que os Illuminati também ganhem nessa ponta do negócio. Desta forma, o governo dos EUA é usado para beneficiar amplamente a Elite Global, restando ao povo americano o caminho da pobreza.

Ocorre que, no campo político, com a abundância de petróleo revelada por este novo negócio envolvendo operações ou negociações “casadas” no mercado financeiro e de petróleo, Obama perde o argumento que o levou pela primeira vez à Casa Branca. Neste ponto abre-se a porta para a eleição de Mitt Romney que, devido à sua experiência empresarial, poderá atender os atuais negócios da Elite Global, mantendo, ao mesmo tempo, em sua agenda a regulamentação do setor energético nos EUA, em vias de ser aprovada pelo Congresso Americano, atendendo, assim, amplamente os interesses dessa mesma Elite.

Ocorre que desde o primeiro semestre deste ano, a Elite Global está dividida em relação a quem deveria ocupar a Presidência dos EUA. 

Vale mencionar o DVD de Texe Marrs - que trata da eleição em 2008 de Barack Obama - que tem por título “Rothschild’s Choice: Barack Obama” (A Escolha de Rothschild: Barack Obama). Neste DVD, Marrs descreve os bastidores da eleição americana de 2008: Obama já havia sido escolhido antes do início da campanha, em 2008, por Jacob Rothschild (nº1 dos Illuminati), para presidir os EUA no período de 2009-2012.


 Rothschild's Choice: Barack Obama and the Hidden Cabal Behind the Plot to Murder America

                     DVD de Texe Marrs de título “Rothschild’s Choice: Barack Obama

                                     (Barack Obama: A Escolha de Rothschild)



Diferentemente de 2008, quando a Elite Global marchou junta com a candidatura Obama, neste ano de 2012, parte desta Elite deseja mudança do comando, assim como o próprio Rothschild, o qual tem tentado emplacar Romney nesta eleição. Mas não com o aval dos demais, já que uma parte considerável da elite deseja a permanência de Obama.


 
           Jacob Rothschild (77 anos) (nº 1 dos Illuminati) agora tem preferência por Romney (64 anos).



Resta a pergunta: Conseguirá Rothschild “eleger” o Candidato Republicano no próximo dia 06 de novembro, já que, neste ano de 2012, há divisão na própria elite?

Romney já deixou claro que, ao contrário de Obama, investirá seus esforços priorizando o petróleo na matriz energética dos Estados Unidos.

Fica a questão: Se Obama vencer, terá de explicar por que tem alterado sua postura em relação às suas iniciais propostas desde 2008 para o setor energético, como, por exemplo,ao autorizar a exploração de petróleo offshore. Romney, por sua vez, por não ter comprometimento anterior com a causa das fontes alternativas, poderia atender com mais desenvoltura às necessidades da Elite Global quanto aos seus interesses no mercado de petróleo.


De qualquer forma, vencendo Obama ou vencendo Romney, o futuro presidente representará uma espécie de síntese das propostas de ambos, de acordo com a dialética hegeliana. E neste ponto, Obama, ao autorizar a exploração offshore, estaria se aproximando mais desta síntese do que seu oponente. A conferir no próximo dia 6 de novembro.


Como comentário, vale destacar que, todas as coisas concorrem para o cumprimento da Palavra Profética. Na verdade apesar de parecer que os Illuminati estão comandando, na verdade, quem tudo manobra e controla é Jesus Cristo, este sim, o Rei dos Céus, da Terra, do inferno e de tudo o que se possa imaginar, Ele, Jesus, é Rei e Senhor. Na verdade, todos se preparam, mas só o Senhor determina quem vencerá para cumprir os seus propósitos soberanos para o final dos tempos. Eis a Sua Palavra:


“O cavalo se prepara para o dia da batalha; mas do Senhor vem a vitória.”

Provérbios 21: 31


IV – ENQUANTO ISSO... PRÍNCIPE WILLIAM VAI SENDO CARREGADO COMO REI EM TUVALU

    
Príncipe William foi carregado nos ombros por nativos durante sua visita à ilha Tuvalu, em 18 de setembro de 2012. William que, com sua esposa Kate, estava viajando por vários dias por diversas ilhas da Oceania, no Oceano Pacífico, foi recepcionado por aproximadamente 5 mil pessoas e ganhou uma liteira com trono para andar pelo local.


 
 Príncipe William treinando para ser adorado na futura Grande Tribulação: parece estar gostando da ideia.


Tuvalu é um país (se é que pode chamar assim) com aproximadamente 12.000 habitantes. Tuvalu significa grupo dos oito que representa as oito micro ilhas habitadas, porém esse pequeno país é formado por  9 atóis (uma espécie de  ilha). A sua bandeira é formada pela bandeira da Inglaterra, nação que tem o controle por lá, e por nove estrelas que representam os atóis.

William, futuro executivo mundial, o qual a Bíblia denomina de Anticristo, foi recebido como rei e carregado por habitantes em uma liteira. Isso nos faz voltar ao tempo em que esse meio de transporte era usado pelas elites, que adoravam ser carregadas por animais ou escravos.

A cena lembra muito uma procissão católica, em que William se porta como se fosse uma divindade. E assim, a cada dia, William tem se esforçado para se encaixar na profecia abaixo:


“E este rei fará conforme a sua vontade, e levantar-se-á, e engrandecer-se-á sobre todo deus; e contra o Deus dos deuses falará coisas espantosas, e será próspero, até que a ira se complete; porque aquilo que está determinado será feito.” 

Daniel 11 : 36



V – A GUERRA NO ORIENTE MÉDIO JÁ COMEÇOU E A MÍDIA NÃO CONSEGUE MAIS DISFARÇAR O QUE JÁ É EVIDENTE

Amados, no e-mail de 16 de janeiro de 2012, comentamos que a guerra prevista nos caps. 38 e 39 de Ezequiel teria seu início em setembro/outubro de 2012.

E o que estamos assistindo desde o início de outubro entre Turquia e Síria? É o início da guerra. Os demais países estão tentando apaziguar os ânimos, mas de nada tem adiantado. Os dois lados estão já se bombardeando há dias. Veja um pouco a escalada da guerra:


04 DE OUTUBRO DE 2012


- PARLAMENTO DA TURQUIA AUTORIZA AÇÕES MILITARES CONTRA SÍRIA. 



 Líbia: Erdogan diz que Turquia está a elaborar plano de paz
                                                                         Recep Tayyip Erdogan, Premiê da Turquia.
  


06 DE OUTUBRO DE 2012


- EXÉRCITO TURCO RESPONDE NOVO BOMBARDEIO VINDO DA SÍRIA. 


08 DE OUTUBRO DE 2012
  
- BOMBAS SÍRIAS OBRIGAM TURQUIA FECHAR COLÉGIOS NA FRONTEIRA. 



 
                   Bashar Al Assad, Presidente Sírio


- TURQUIA BOMBARDEIA SÍRIA PELO 6º DIA APÓS SER ATINGIDA POR OUTRO PROJÉTIL. 


- SECRETÁRIO-GERAL DA ONU TEME ESCALADA DE CONFLITO SÍRIA X TURQUIA. 





        Ban Ki-Moon, Secretário-Geral da ONU: Preocupação com Guerra Turquia x Síria.



10 DE OUTUBRO DE 2012

 - TURQUIA ORDENA POUSO DE AVIÃO SÍRIO VINDO DE MOSCOU


11 DE OUTUBRO DE 2012

- RÚSSIA QUER EXPLICAÇÕES DA TURQUIA APÓS INTERCEPTAÇÃO DE AVIÃO SÍRIO. 




                           Vladimir Putin, Presidente da Rússia: Exige que Turquia se explique por ter interceptado avião Sírio.



- TURQUIA REJEITA ACUSAÇÕES DA RÚSSIA E DA SÍRIA POR AVIÃO INTERCEPTADO. 




12 DE OUTUBRO DE 2012


- TURQUIA ENVIA AVIÕES DE COMBATE PARA A FRONTEIRA COM A SÍRIA APÓS HELICÓPTERO SÍRIO BOMBARDEAR FRONTEIRA. 


17 DE OUTUBRO DE 2012  


- ARTILHARIA TURCA RESPONDE DISPARO DE MORTEIRO FEITO A PARTIR DA SÍRIA. 



O conflito, que era somente interno, transbordou, desta vez envolvendo dois países influentes no Oriente Médio. Isto é novidade nesta Revolta Árabe iniciada em 2010. O Senhor Jesus está acelerando o cumprimento de Sua Palavra. Lembremos-nos do que dizem as Escrituras: 

“Porque o Senhor executará a sua palavra sobre a terra, consumando-a e abreviando-a.”

Romanos 9: 28

Desde o começo da revolta árabe em fins de 2010, cada conflito ocorria dentro das fronteiras de um dado país. Foi assim com a Tunísia, Egito, Líbia e Iémen. Até setembro de 2012, a guerra na Síria também se comportava assim: dentro dos limites do território sírio. Ocorre que desde final de setembro e início de outubro de 2012, o conflito que acontecia somente no território Sírio transbordou para fora dos limites da Síria. Agora Turquia e Síria estão se bombardeando. O parlamento turco já autorizou seu governo a guerrear contra a Síria. A Síria tem bombardeado diariamente o território turco. A Turquia tem respondido também bombardeando a fronteira com a Síria.  

Podemos dizer claramente que o Oriente Médio já está em guerra. À luz da evolução dos acontecimentos, estimamos em nosso e-mail de 16 de janeiro que isto ocorreria nestes meses de setembro e outubro de 2012, com base na leitura das Escrituras Sagradas, as quais se constituem na fonte do verdadeiro conhecimento.

Irmãos, também com base nas Escrituras, podemos entender que esta guerra atingirá outras nações da região. E chegará a envolver também os principais países do mundo, assumindo o caráter mundial.

Esta escalada de guerra entre dois países de expressão no Oriente Médio há muito tempo não se via. Ocorre que nem Turquia nem Síria estão sozinhos. As principais nações estão por trás de um e de outro. Não há dúvidas de que os EUA, a Inglaterra e a Arábia Saudita estão apoiando militarmente a Turquia. Por outro lado, Rússia, China e Irã estão por trás da Síria. Sem contar que cientistas americanos, ingleses, russos e chineses estão debruçados em pesquisas, desenvolvendo armas de última geração para aplicar nesta guerra que já começou.




  File:Vladimir Putin in Iran 16-17 October 2007-2.jpg

 Mahmoud Ahmadinejad, Presidente do Irã, e Vladimir Putin, Presidente da Rússia: Juntos na defesa da Síria na guerra contra a Turquia.    


E quanto a Israel?

Israel está na iminência de deflagrar um ataque ao Irã. Há ruídos de que o Estado Judeu desenvolveu uma arma que conseguiria destruir os reatores iranianos silenciosamente sem causar risco para as pessoas.

No entanto, mesmo assim, quando entrar na guerra, Israel atrairá contra si não somente o ódio dos iranianos e russos, mas também dos próprios turcos, já que mesmo aqueles que hoje são inimigos - como turcos e iranianos - fariam as pazes para marcharem juntos contra Israel.

A História se repete: a Bíblia nos relata que Herodes e Pilatos eram inimigos e só fizeram as pazes quando encontraram um inimigo comum: Jesus Cristo. Da mesma forma, Turquia e Irã hoje estão em lados opostos, mas se unirão contra seu inimigo comum: Israel. Eis o texto sagrado ao abordar as pazes entre Herodes e Pilatos:

“E Herodes, com os seus soldados, desprezou Jesus e, escarnecendo dele, vestiu-o de uma roupa resplandecente e tornou a enviá-lo a Pilatos”.

“E no mesmo dia, Pilatos e Herodes entre si se fizeram amigos; pois dantes andavam em inimizade um com o outro.”

Lucas 23: 11-12

Esta união futura entre Turquia e Irã já está sendo “costurada” pela Rússia. O presidente russo Vladimir Putin tem agendada uma reunião com o primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan para 03 de dezembro de 2012. Ora, hoje os dois estão em lados opostos, mas mesmo assim o líder russo vai à Turquia. Para quê? Certamente na agenda deverá constar um alerta aos turcos sobre a possibilidade real de Israel entrar no conflito a qualquer momento, o que trará os turcos para o lado dos russos.

E assim Jesus Cristo manobra os países e seus líderes para cumprir a sua Palavra Profética. Em Ezequiel 38, é revelado que a coalizão que guerreará contra Israel será composta da Rússia (Gogue), Irã (persas), Turquia (Casa de Togarma), Líbia (Pute), dentre outros. Jesus Cristo, em uma única manobra neste mês de outubro de 2012, faz a guerra transbordar para fora da Síria, colocando as nações em alerta, e já prepara a coalizão que cumprirá Ezequiel 38 e 39.                  

O Senhor está abreviando o tempo. É hora da Noiva se posicionar, pois o Noivo a chamará a qualquer momento, livrando sua Amada dos terrores que já se desenham no horizonte. 


VI – SUBMARINO RUSSO NAVEGOU SEM SER PERCEBIDO JUNTO AO LITORAL DOS ESTADOS UNIDOS DURANTE UM MÊS

Um submarino nuclear russo do projeto 971 (“Tubarão”, na classificação da OTAN), armado com mísseis de cruzeiro de longo alcance, navegou durante muito tempo, sem ser detectado, nas águas junto ao litoral dos EUA, no Golfo do México, informa a edição do Washington Free Beacon, citando um funcionário americano.

  



       Submarino “invisível” russo do projeto 971 equipado com armas de longo alcance


De acordo com esta informação, a presença do submarino russo ao largo das costas americanas foi confirmada só depois de o navio ter abandonado essa região. “É um submarino silencioso, capaz de se aproximar sem ser detectado", disse o funcionário. Representantes da Marinha de Guerra americana recusaram-se a comentar a informação.

Se desejar ler o restante da matéria, acesse o link abaixo:



Irmãos, o conflito que já está se desenrolando no Oriente Médio entre Síria e Turquia vai acabar por envolver as principais potências militares. Nenhum dos principais países está inerte. O que será que este submarino russo instalou na costa americana? Não sabemos. Mas sem dúvida, neste mês em que ficou submerso, não foi ali para dar um passeio. Acreditamos que a guerra na área de informações e contrainformações já começou há muito tempo. 

Deste episódio se entende que Síria não é Líbia. Nem Rússia, nem China vão abandonar a Síria: não por causa da Síria, mas por causa do restante do Oriente Médio que é rico em petróleo de alta qualidade. Está em jogo o domínio das reservas mundiais o que, pelo visto, resultará na Terceira Guerra Mundial.    

VII – AGÊNCIA DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO FITCH RATINGS APONTA QUE CHINA DEVE ESCAPAR DA CRISE MUNDIAL    

Conforme temos acompanhado, a China está enfrentando bem a crise financeira mundial. Há muitos fatores que lhe são favoráveis. E, além disso, como frisamos, no último e-mail, Jesus Cristo fez uma opção de salvar muitas almas na China. Os cristãos fiéis, naquele país, são perseguidos, mas o Senhor os tem sustentado poderosamente. 


A China tem espaço para flexibilizar sua política econômica e voltar a crescer com mais força em 2013. Também temos comentado que os países do Oriente - dentre os quais a China - somente são citados no Apocalipse 16: 12, rumando para a Batalha do Armagedom, de onde se infere que a China, ainda que fazendo parte do Governo Mundial, deverá manter alguma autonomia no Oriente durante a Grande Tribulação.  








Enquanto os Estados Unidos estão em franco declínio, a China se encontra em forte expansão e assume a posição de nº 1 do mundo.

Se desejar ler a matéria, basta acessar o link abaixo:



VIII – CRISE FINANCEIRA MUNDIAL SE AGRAVA NO BRASIL: DEPOIS DOS BANCOS CRUZEIRO DO SUL E PROSPER,  O BANCO BVA SOFRE INTERVENÇÃO DO BANCO CENTRAL EM 19 DE OUTUBRO DE 2012



Depois da liquidação dos bancos Cruzeiro do Sul e Prosper em 14 de setembro de 2012, o Banco Central informou que foi decretada em 19 de outubro de 2012 intervenção no banco BVA S.A., com sede na cidade do Rio de Janeiro (RJ), em decorrência do "comprometimento da sua situação econômico-financeira e do descumprimento de normas que disciplinam a atividade da instituição". O banco BVA detém, segundo a autoridade monetária, 0,17% dos ativos do sistema financeiro nacional e 0,24% dos depósitos, com sete agências localizadas nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. 


Não é coincidência que três bancos já "quebraram" financeiramente no Brasil, nestes dois últimos meses. É simplesmente o início de um processo que se acelera a cada dia. As reservas internacionais do Brasil como têm frisado em vários e-mails, está lastreada em dólar, moeda esta que, hoje, no cenário mundial, está sendo abandonada pelas principais economias do mundo. O Brasil está sem proteção, no caso de uma crise monetária. Outros bancos vão "quebrar". Quando? À medida que a crise mundial se agrava chegará um momento que o dólar será totalmente abandonado, sofrerá uma desvalorização sem precedentes, e alguns bancos pelo mundo vão "quebrar", inclusive no Brasil. Todo este processo está em curso. 

Quem pressiona o agravamento da crise? A própria Palavra de Deus. No Livro do Apocalipse 6:6, quando nos revela, por exemplo, que o salário de um dia de trabalho dará apenas para comprar uma medida de trigo, isto representa fome extrema. Assim, a Palavra do Senhor Jesus pressiona os fatos para que venham lhe dar pleno cumprimento.         




                        Ministro da Fazenda, Guido Mantega, o retrato da luta que o Brasil trava contra a crise financeira mundial 


Se quiser ler a matéria sobre a liquidação dos Bancos Cruzeiro do Sul e Prosper, acesse o primeiro link abaixo; se quiser ler a matéria sobre a intervenção no Banco BVA, acesse o segundo link abaixo:






IX – CONSIDERAÇÕES FINAIS


Amados Irmãos, estamos adentrando na noite dos tempos finais. À meia-noite o Rei chamará pela sua Noiva. É necessário que estejamos prontos. O profeta Elias também estava pronto para o seu momento de glória (II Reis 2: 11).


Os pontos relevantes deste momento são:


a) a eleição do futuro Presidente americano em 06 de novembro, já que o eleito será um importante instrumento da Elite Global no cumprimento de sua agenda que, em suma, é a preparação para reino do Anticristo previsto no Livro do Apocalipse, vulgarmente denominado hoje de Nova Ordem Mundial;


b) a guerra no Oriente Médio, que, pela primeira vez desde o início da revolta árabe em 2010, não se limita a combates dentro de cada um dos países, mas já envolve bombardeios entre dois países influentes na região - Turquia e Síria - desde o início deste mês de outubro, revelando a nova face desta guerra que já começou;


c) a China deverá escapar sem problemas da crise de acordo com respeitadas agências de classificação de risco do mundo. No entanto, conforme temos acompanhado, no campo espiritual, isto é devido ao plano de salvação que Jesus Cristo está realizando naquele país. Afinal, para atingir seus objetivos de salvação, Jesus tem guardado os chineses da crise que devasta o mundo;


d) o Brasil, assim como o resto do mundo, está pagando o preço de a cada dia estar se afastando do Senhor. A crise está agravando a cada dia, bancos "quebrando" em série desde setembro de 2012, a crise está engolindo o Brasil gradativamente. Pobre Brasil, enquanto alguns líderes cristãos pregam Mamom, a crise se agrava, pois esses se esqueceram da Palavra do Senhor.



Amados, como a Noiva do Senhor deseja ardentemente "subir ao céu de luz", o louvor deste e-mail vem expressar com estas e outra palavras o sentimento de cada um de nós que ansiamos pelo iminente arrebatamento: "Vencendo vem Jesus" na voz do cantor Mattos Nascimento. Amado irmão, amada irmã, aumente um pouquinho o volume de seu áudio e sinta a alegria de ter Deus falando no seu coração, através desta canção. Para ouvir esta bênção, acesse o link abaixo:





Que Deus os abençoe


Que Deus os abençoe

O texto acima é grande mas vale a pena ser lido pelos que estão atentos. Enquanto o irmão fez o texto acima, aconteceu outro conflito: Líbano e Síria.


Fonte: 

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Antonio Calil <acaliln@globo.com>
Data: 21 de outubro de 2012 00:17

Nenhum comentário:

Postar um comentário