OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

segunda-feira, outubro 22, 2012

PLANOS DE SATANÁS PARA OS CRISTÃOS



“em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação;
na tranqüilidade e na confiança, está a vossa força.”
(Isaías 30.15)




Amados (as) achei um texto na internet, onde seu autor é desconhecido.

Prestem atenção!! Neste texto conta os planos de Satanás para a vida de muitos cristãos.

Aquela convenção foi a maior que o mundo já viu. De cada canto da Terra vieram os delegados, os quais se viam preocupados porque, ao invés de ter que destruir os concorrentes, eles mesmos corriam o risco de serem destruídos. Naquela noite, discursaria a estrela do evento, o seu extraordinário líder. Os delegados cochichavam uns com os outros, expressando repetidas vezes a esperança de que se ninguém fosse capaz de reverter aquela situação, o orador da noite era.

Ele sempre fora seu líder. Mais que isso, ele era aquele a quem todos gostariam de imitar. Ele contava com o afeto e a lealdade de todos, e com o passar dos anos, tornara-se, em essência, o deus deles. Um aplauso ensurdecedor irrompeu quando ele apareceu diante de todos, tomando o seu lugar na plataforma. Ele contempla o mar de rosto erguido, atentos, e como um político, se embevece com a provação da multidão. Ao diminuir a ovação, ele respira fundo e começa:

“– Escutem bem, seus demônios”! Vocês não farão com que os cristãos deixem de frequentar os cultos, pois eles continuarão a fazê-lo! Vocês não conseguirão evitar que eles se apeguem a suas doutrinas nem que façam suas orações. Eles continuarão a fazê-lo! Devemos mudar nossa tática, se quisermos continuar a Ter sucesso.

A chave para isso é o tempo, meus irmãos. Podemos deixar que eles continuassem com suas doutrinas, suas orações e seus cultos, contanto que controlemos o tempo deles. O tempo é o ingrediente mais importante, pois se eles não tiverem tempo, nunca vão conseguir aquela conexão salvadora com ‘Jesus’! Disse ele, cuspindo rancorosamente ao pronunciar aquela última palavra.

Satanás prosseguiu: Deixe-os pensar que estão salvos enquanto controlamos o tempo deles, e eles serão tão nossos quanto aquele que nunca puseram o pé em uma igreja. E como vamos fazer isso? Simples! Vamos mantê-los ocupados com coisas fúteis e inventar um sem-número de esquemas para ocupar a mente deles. Vamos incentivá-los a gastar, gastar e gastar, e então trabalhar, trabalhar e trabalhar para poderem pagar as contas. Vamos inundar a correspondência deles com catálogos cheios de ofertas tentadoras. A seguir, para que tenham como comprar, lhes encaminharemos ofertas irrecusáveis de cartões de crédito.

Vamos ensinar- lhes que a felicidade vem de coisas, e vamos induzir os maridos a trabalharem 8, 10, 12 horas por dia, seis a sete dias por semana. Que tenham dois empregos, se preciso for. Façamos aparentar que é necessário que a esposa trabalhe fora. Vamos dizer-lhes que essa é a única saída, se quiserem manter o padrão social da família. Colocaremos, então, as esposas para trabalhar duro no emprego e em casa, de modo que elas não tenham mais energia para seus maridos e filhos.

Vamos estimular a mente deles para que não consigam ouvir Jesus lhes falando à consciência. Bombardearemos seus sentidos com músicas, tocando nas casas, no trabalho, e nas lojas. Certifiquem-se de que as notícias ruins cheguem a eles onde quer que estejam. Para isso, usem jornais, revistas, rádios, TV e a internet, 24 horas por dia.

Corromperemos a estrutura moral de seus casamentos e também dos jovens, colocando imagens sensuais que provoquem pensamentos impuros em cartazes, filmes, jornais, capas de revistas, e claro, na televisão, e no computador. Usemos os programas de TV para que bem ali, nas salas de estar deles, haja um desfile dos mais perversos membros da sociedade. Faremos com que se alegrem com os mais sórdidos detalhes do comportamento imoral, até que comecem a ver o mal apenas como uma alternativa qualquer.

Faremos também com que eles se divirtam com os entretenimentos, os problemas e a escória do mundo. Exibiremos detalhes de problemas dos ricos e famosos. Desviaremos a atenção deles das realidades sérias da vida por meio da vã esperança de ganhar na loteria, em sorteios ou cassinos. Encheremos suas estantes com livros, revistas, e mais livros. Isso significa tempo, e quanto mais tempo com tudo isso, menos tempo com Deus.

Encheremos as casas deles com computadores, colocando-os numa rodovia eletrônica cujas saídas nós controlaremos. Mandaremos um monte de e-mails para eles, e os sufocaremos com lixo eletrônico e intermináveis informações. Vamos dar-lhes notebooks, de maneira que estarão sempre trabalhando.

Que todos tenham um Pager, mesmo as crianças. Encham o dia deles com ligações telefônicas. Deem para eles telefones sem fio e celulares, de maneira que seja fácil conversar o tempo todo. Certifiquem-se de que suas secretárias eletrônicas estejam reproduzindo todos os recados.

Vamos preencher todo o tempo dos filhos com atividades, programas esportivos na escola e fora dela, dança, balé, clube de escotismo, outros clubes, aulas de música, festa de debutantes e outras festinhas, e, além disso, por causa do trabalho fora de suas mães, prepararemos babás segundo o nosso coração, para formá-las para este mundo. Vamos deixá-los estressados com muito dever de casa, independentemente da idade. Mandaremos as crianças menores para o jardim de infância e a pré- escola, de maneira que fiquem longe da influência dos pais. Deixem que eles levem, o tanto quanto possível, uma vida à parte da dos pais, de modo que quando se tornarem adolescentes, não tenham nada em comum com o papai e a mamãe. Vamos deixá-los tão estressados que eles não terão como não responder à nossa motivação para terem atividades sexuais, fumarem, beberem bebidas alcoólicas e usarem drogas, tudo como fuga ao estresse a eles infligido.

Mesmo a recreação, façamos com que seja em excesso. Vamos mandá-los em viagens de férias das mais caras. Façamos com que vivam num ritmo frenético! Que eles voltem dos fins de semanas exaustos, inquietos e despreparados para retomar o ritmo normal da semana que se inicia. Não deixemos que tenham contato com a natureza. Ao invés disso, façamos com que frequentem parques de diversões, os eventos esportivos, os concertos, os shows e o cinema. Que nosso slogan seja: ‘as férias os deixam cansados o bastante para que voltem a trabalhar e pobres o suficiente para que tenham que fazê-lo!’

Se eles conseguirem evitar essas armadilhas, usemos suas próprias igrejas contra eles. Vamos dar-lhes muitos serviços, muitas responsabilidades e problemas para resolver, com isso, o tempo será consumido em ‘boas obras’. Quando eles tiverem reuniões de consagração espiritual, vamos instigá-los a se envolverem com fofocas e conversas supérfluas, de modo que cheguem a casa com a consciência pesada, e as emoções perturbadas. Promovamos crise após crise na igreja deles para que estejam sempre tão ocupados ‘apagando incêndios’, que não tenham tempo de avivar a chama do evangelho no próprio coração. Vamos estimulá-los a estudar as doutrinas e a espalhar o evangelho. Que frequente seminário sobre liderança e grandes congressos sobre evangelismo.

Deixemos o caminho desimpedido para grandes eventos interdenominacionais que promovam uma reforma. Façamos todo o possível para que eles finjam estar colocando a família e os valores familiares em primeiro lugar. Então vamos envolvê-los em assuntos sociais de importância, como o aborto. Deixem que eles levem um estilo de vida conservador, mas, por favor, façam o que for necessário para evitar que eles venham para a Bíblia e para Deus como pecadores que precisam de salvação. Se eles fizerem isto, tudo está perdido.

O tempo é a nossa arma mais poderosa e nosso melhor aliado, meus companheiros! Vamos usá-lo sabiamente e deixá-los dormir em seus equívocos por mais um pouco. Depois disso, tanto o mundo como a igreja serão nossos e teremos conquistado uma vitória eterna!”

Com as mãos erguidas, Satanás conclama seus agentes: ”À vitória! À vitória! À vitória!” E não só eco, também os resultados dessa tenebrosa reunião chegam até nós, ainda hoje.

Foi de fato uma grande convenção! Posso até não adivinhar todos os detalhes dessa reunião, mas você pode julgar os resultados. Os anjos caídos cumpriram com determinação as suas tarefas fazendo com que cristãos de todas as partes ficassem por demais ocupados correndo de um lado para o outro. 


Não estamos vivendo com simplicidade, irmãos. Nossa vida é por demais congestionadas. Todo o sistema está demasiadamente estimulado. Será que o inimigo teve sucesso com o seu esquema? O plano tem funcionado muito melhor do que os seus sonhos mais extravagantes.


Satanás conseguiu fazer o mundo inteiro embarcar num trem ultrarrápido. Dia após dia, esse trem vai viajando cada vez mais rápido, e ele não quer diminuir a velocidade para que ninguém consiga descer. Por mais de trinta anos de minha vida, eu estive a bordo desse trem, sem nem saber por quais trilhos eu viajava.

Amados (as), quando li este texto, pôde compreender que é realmente isto que tem acontecido na vida de muitos cristãos, inclusive na minha.


Então o que devemos fazer? Devemos parar, orar, e pedir direção a Deus, para saber o que Ele quer realmente das nossas vidas, e o que Deus quer para nós está tudo escrito na sua palavra, por isso a importância de examiná-la, pois os anos passam muito depressa, e quando fomos ver chegamos na velhice sem fazer realmente o que Deus queria que fizéssemos. 

E o que apresentaremos para Ele?

Nosso casamento destruído?
Nossos filhos cheios de sabedoria do mundo, e não sábios em Cristo?
Uma casa boa, ou quem sabe mais de uma casa, carros, roupas da moda, sapatos, cartões de créditos, uma boa poupança?

E as almas que Ele nos confiou? E aquela vida que Ele colocou no nosso caminho, para que dividíssemos nossos bens com elas?
E os nossos filhos, como será que vamos apresentá-los para Ele?

E o nosso testemunho de vida, como foi?

Na verdade estamos neste mundo mal somente de passagem, Deus nos salvou através de seu Filho Jesus, para que déssemos frutos, e frutos que permaneçam.

Que possamos dar frutos para eternidade, e não frutos somente para este mundo, que está reservado para o fogo.

Deus vos abençoe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário