OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

domingo, dezembro 02, 2012

IGREJAS & CRENTES




Por Paulo Pontes

A revista Comunhão, edição nº 152, publicou como matéria de capa um assunto de grande importância: Igreja Urgente! Como combater o entra-e-sai na igreja? A igreja Evangélica tem a cada dia mais crentes. Mas, por que a cada dia mais "ex-crentes" saem dela?
editor comenta que a igreja é eficaz para apresentar Jesus a quem ainda não O conhece  e atrair novos membros, ao mesmo tempo em que, por outro lado, não consegue ter a mesma eficiênciaquando se trata de conduzir o novo crente a uma verdadeira transformação.
Infelizmente essa é uma grande verdade! O Pr. Valdir Nunes Bícego, de saudosa memória, sempre quando ministrava em seminários de evangelismo, comparava a igreja como um excelente obstetra, porém péssimo pediatra. Sabendo usar bem todos os métodos de evangelismos, deixando a desejar no discipulado e na integração dos novos convertidos.
Se você não comprou a edição de abril da revista, leia abaixo uma parte do texto da matéria e os destaques, em seguida, faça seu comentário.
"O crescimento das igrejas evangélicas é notável e espantoso. É impossível determinar o número exato de templos e quantos serão abertos até o fim do próximo mês. Da mesma forma, é difícil determinar o número de pessoas que a cada domingo levantam suas mãos e fazem um compromisso público de servir a Deus. Mas, tão grande quanto o número de novos adeptos é também o daqueles que se desviam, saem das igrejas e ingressam na criminalidade. Se o Evangelho transforma a sociedade e se a Igreja é o meio pelo qual isso acontece, qual a explicação possível para o fato de, numa mesma comunidade, existir tantas igrejas e também tanta violência? Por que isso acontece? O que está faltando? De quem é a culpa?
E, uma pergunta urgente surge: o que o povo de Deus pode fazer para mudar essa situação? No final do ano passado, uma cena transmitida em rede nacional chocou a opinião pública e envergonhou os cristãos brasileiros. Vídeos sobre um esquema de corrupção envolvendo o Governo do Distrito Federal foram divulgados e deputados distritais, assessores e o próprio governador do DF – José Roberto Arruda – foram vistos recebendo e guardando maços de dinheiro em pastas, envelopes, bolsos, cuecas e até meias.
Porém, a cena de maior repercussão e indignação foi, sem dúvida, a que mostrava os políticos denunciados orando e agradecendo a Deus pela propina. O escândalo da “Caixa de Pandora”, como ficou conhecida a operação realizada pela Polícia Federal, ainda ecoa na sociedade brasileira e levanta uma questão: como pessoas que conhecem a verdade e a Palavra de Deus podem se envolver em corrupção? Como podem confessar a fé cristã e ainda compactuar com uma vida de criminalidade?"
Destaques:
"Uma coisa é a pessoa freqüentar uma igreja e até mesmo ser membro. Outra é ela se converter. Conversão é uma mudança de caráter, de conduta, de comportamento".
"A igreja ao longo da história foi mudando seu perfil. Na igreja primitiva as pessoas tinham sede de Cristo. Hoje, as pessoas têm sede do que Cristo pode lhes dar, seja de ordem material ou emocional. Não há uma busca por mudança de vida".
"Os líderes precisam estar engajados a interpretar a Bíblia de forma correta, para que as intenções de Deus para os homens sejam conhecidas e cumpridas".
Particularmente, parabenizo a Revista Comunhão, na pessoa do seu editor, nosso irmão em Cristo, Mário Fernando, pela contribuição à igreja, com uma visão ampla do Reino de Deus.
Convido aos leitores a refletir sobre o assunto, com o propósito de promover a ação necessária.
Obs.: Para ver a matéria completa acesse o site da revista:
Fonte: http://searanews.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário