OBRIGADA POR SEGUIREM O MEU BLOG

domingo, dezembro 02, 2012

QUAL TEM SIDO A TUA ESCOLHA?



Por Rosilene A. Pontes
“Respondeu-lhe Jesus: Marta, Marta, estás ansiosa e preocupada cm muitas coisas, mas uma só é necessária. Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada” (Lc 10. 41,42).
Freqüentemente precisamos escolher entre fazer algo de bom ou fazer alguma coisa melhor. Você já teve a oportunidade de escolher? Sempre escolheu corretamente? Ou gostaria de voltar atrás em alguma escolha?
Vivemos dias trabalhosos o qual temos que fazer escolha quase que em todos os momentos. Temos vivido em um mundo de Marta, nos preocupamos com tantos afazeres, que estes às vezes nos sufocam e nos privam de fazer o que realmente é necessário.
Nossas atividades urgentes podem impedir-nos de dedicar tempo a oração, leitura da Bíblia e até mesmo de servir ao Senhor Jesus.
Saiba que Deus não nos obriga ou nos força a tomar decisões; Ele nos dá o direito de escolher, mas precisamos saber que o nosso amanhã depende de nossa escolha de hoje. Será que estamos escolhendo a melhor parte?
DIREITO DE ESCOLHER
A escolha de Ló
Abrão deu a Ló a oportunidade de escolha, a Bíblia nos relata em Gn 13.7-11, que houve contenda entre os pastores de gado de Abrão e os pastores de gado de Ló, e disse Abrão a Ló: “Ora não haja contenda entre mim e ti, entre os meus pastores e os teus pastores, porque irmãos somos. Não está toda a terra diante de ti? Eia, pois, aparta-te de mim; se escolheres a esquerda, irei para a direita; e, se a direita escolheres irei para a esquerda”. Ló levantou os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, linda bem regada, parecia o jardim do Senhor. E fez a sua escolha e armou as suas tendas até Sodoma. Ló só via vantagem com a sua escolha, não se importou com o perigo que estava ao redor de toda aquela beleza, e expôs sua esposa e suas filhas e tudo que tinha a imoralidade e a impiedade de Sodoma. E assim teve que aprender a amarga lição de que sua família não era forte o suficiente para resistir às influências malignas de Sodoma. A Bíblia nos diz que o “SENHOR” não vê como vê o homem (1 Sm 16.7). Ló viu somente a campina bem regada de Sodoma. Deus viu os habitantes da cidade como grandes pecadores que eram. Os pais de famílias devem tomar o cuidado ao fazer uma escolha, para não envolverem seus filhos com nenhuma Sodoma. Não olhes apenas para a beleza que estão ao redor, mas ore e peça direção ao Senhor quando fizeres uma escolha.
A escolha de Rute
Quando os juízes julgavam, houve uma grande fome na terra; pelo que um homem de Belém de Judá saiu a peregrinar nos campos de Moabe, ele sua mulher e seus dois filhos. O nome desse homem era Elimeleque, sua esposa Noemi, seus filhos Malom e Quiliom. Morreu Elimeleque, ficando Noemi com seus dois filhos, que tomaram para si mulheres moabitas, dez anos se passaram e morreram também os filhos de Noemi, ficando ela sem marido e sem filhos. Então se levantou ela com as suas noras, voltou dos campos de Moabe, porquanto na terra de Moabe ouviu que o Senhor tinha visitado o seu povo, dando-lhe pão. Noemi certamente conduziu suas noras à fé no Senhor Deus, mediante seu exemplo e ensino, seguindo o mandamento do Senhor: “Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma e atai-as por sinal na vossa mão, para que estejam por testeira entre os vossos olhos, e ensinai-a a vossos filhos, falando delas assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te; escreve-as nos umbrais de tua casa e nas tuas portas” (Dt 11.18-20). E indo elas caminhando, para voltarem à terra de Judá, disse Noemi às suas duas noras: Ide, volte cada uma à casa de sua mãe. Orfa a beijou e voltou para o seu povo, mas Rute se apegou ainda mais a sua sogra. Noemi insistiu com Rute para que voltasse ao seu povo e a sua parentela assim como fizera a sua cunhada, mas Rute não quis. E através da fé que ela aprendeu a ter em Deus, levou-a permanecer fiel no seu amor a Noemi. E naquele momento fez a sua escolha. “Disse, porém, Rute: Não me inste para que te deixe e me afaste de ti; porque onde quer que tu fores, irei eu e, onde quer que pousares a noite, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus. Onde quer que morreres, morrerei eu e ali serei sepultada; faça-me assim o Senhor outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separe de ti” (Rt 1.16,17). A extrema afeição que Rute tinha por Noemi, não permitiu que a abandonasse e lhe quis ser companheira também na adversidade, A escolha de Rute resultou em um casamento feliz e abençoado por Deus. Veio ela a ser bisavó do rei Davi, e sucessivamente fez parte da genealogia de Jesus. Tem feito você uma boa escolha?
A escolha de Josué
Deus tirou o povo de Israel com mão forte da terra do Egito onde eles estavam sendo escravizados, operou grandes feitos na terra de Faraó, provou que Ele era Deus e que fora dele não havia outro Deus, fez caminho no meio do mar, fez brotar água da rocha, mandou o maná, enfim supriu todas as necessidades em meio ao deserto. Mas o povo foi rebelde, pecou contra o Senhor servindo a outros deuses e prostrando-se diante dos ídolos, e Josué trás tudo isso a memória do povo fazendo um concerto. “Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais; porém eu e minha casa serviremos ao Senhor” (Js 24.15). Josué escolheu servir ao Senhor junto com sua família, e você tem feito uma escolha para sua família ou tem deixado que seus filhos façam a escolha por conta própria? Lembro-me de mães que me disseram: com meus filhos vai ser diferente, deixarei que eles escolham se serão crentes ou não, esquecendo-se do conselho do sábio Salomão, “instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele” (Pv 22.6). Hoje essas mães estão chorando e pedindo oração para que seus filhos sejam salvos.
A ESCOLHA DE DEUS
Deus escolhe diferente: “Não me escolheste vós a mim, mas eu vos escolhi vós” (Jo 15.16). Você é um escolhido de Deus, você é separado, você é consagrado ao serviço de Deus, você é um portador do nome de Cristo. Deus te escolheu com todos os seus defeitos, talvez você esteja pensando como eu um dia pensei, não sou digna, mas Deus me escolheu apesar do que eu sou, Ele te escolheu apesar do que você é. As pessoas podem nos julgar pela nossa aparência, mas Deus nos olha diferente e nos diz: É você que eu quero, é você que eu vou usar para fazer a diferença nesta terra. Amados “o Senhor te escolheu para edificares uma casa para seu santuário; esforça-te e faze a obra” (1 Cr 28.10).
Deus escolhe o menor: Se você é o menor saiba que Deus te escolheu, mas se você se acha grande saiba que você não cabe nas mãos de Deus, Deus gosta de coisas pequenas para que Ele possa transformá-las em grandes. Isaque se casou com Rebeca, e esta não lhe gerava filhos, ele orou por ela instantemente durante vinte anos, e o Senhor ouviu a sua oração e sua mulher concebeu. Rebeca percebeu que havia uma luta dentro dela e foi-se a perguntar ao Senhor. “E o Senhor lhe disse: duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e o maior servirá ao menor” (Gn 25.19). Jacó era o menor! Deus escolheu o menor! Escolheu Gideão, o menor da casa de seu pai, para ser libertador. Davi era o menor dentre os seus irmãos, mas Deus o escolheu para rei de Israel. José o menor de sua família, mas Deus o escolheu para ser governador do Egito.
Deus escolheu a sua família: “De todas as famílias da terra a vós somente conheci” (Am 3.2).Conhecer refere-se aqui a escolha que Deus fez por você que hoje representa a sua família. Deus disse a Abraão: “Em ti serão benditas todas as famílias da terra”. Abraão não sabia que esta promessa te alcançaria, mas quero te dizer que esta promessa continua de pé, a sua família foi escolhida para abençoar todas as famílias que estão ao seu redor.
A NOSSA ESCOLHA
Qual tem sido a nossa escolha? Em meio a tantos afazeres, no corre-corre do dia a dia será que temos feito a melhor escolha? Será que temos nos assentado aos pés de Jesus para ouvir as suas palavras? Maria amava a Jesus e tinha prazer em ficar sentada aos seus pés para ouvi-lo. Marta também amava a Jesus, mas sentia a necessidade de estar de pé preparando a comida que seria servida a Jesus e aos demais que ali estavam. Quando ela foi se queixar de sua irmã, Jesus a repreende suavemente por causa de sua impaciência, e por causa da sua excessiva preocupação com os detalhes da refeição. Marta se preocupou em fazer um banquete, quem sabe vários pratos diferentes, querendo mostrar sua habilidade na cozinha, sendo que naquele momento serviria apenas uma sopa quentinha, para que se aproveitasse o máximo da presença do Senhor.
A escolha certa
Marta não era menos devotada a Jesus do que Maria, ela apenas não percebeu o caminho certo para recebê-lo, o caminho que mais o agradaria, o que ela estava fazendo era uma coisa muito boa, mas sua irmã fez a escolha certa de forma que não lhe foi tirada. E nós temos feito a escolha certa, será que temos buscado primeiro o reino de Deus, e deixando que Ele nos acrescente as demais coisas?
Pouco é necessário, ou mesmo uma só coisa.
Pouco se refere ás provisões materiais, enquanto que só uma se refere ao entendimento espiritual. Pare por um momento e reflita em toda esta mensagem e responda qual tem sido a sua escolha? Tens escolhido a melhor parte? Tens a garantia de que ela não lhe será tirada?
CONCLUSÃO
Não deixe que o urgente tome o lugar do importante, escolha hoje servir ao Senhor como fez Josué: “eu e minha casa serviremos ao Senhor”; como fez Davi: “escolhi o caminho da verdade, propus-me a seguir os teus juízos”. Faça como Ana que ao invés de brigar com Penina, escolheu se derramar na presença do Senhor em oração. Faça como Daniel que escolheu comer verduras e beber água do que se contaminar com o manjar do rei. Faça como Moisés que escolheu sofrer as aflições com o seu povo do que ser chamado filho de filha de Faraó.
O Senhor te dá hoje uma oportunidade de escolha: “Os céus e a terra tomo hoje por testemunha contra vós, que te tenho proposto a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois a vida para que vivas, tu e a tua semente” (Dt 30.19).
Rosilene Araújo Pontes

Fonte: http://searanews.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário